Igreja da Cale da Vila

Igreja de S. Pedro

Para melhor servir o povo de Deus que vivia no lugar da Cale da Vila, iniciou-se em outubro de 1970 a celebração da eucaristia, aos sábados, à noite, num armazém da empresa de João Maria Vilarinho, Sucessores, sendo pároco o Padre Domingos Rebelo dos Santos. Foi uma situação provisória e sete anos depois, numa assembleia que se seguiu à missa, foi constituída uma comissão, integrada por Manuel Sardo, António Fernandes Teixeira, Manuel Sarabando Bola, César Ramos, Manuel Lourenço Rodrigues Vareta, Fausto, Fernando Teixeira das Neves, Manuel dos Santos Anastácio, José Martins de Oliveira Silva, Carlos da Silva Mariano, José Branco das Rocha, Maria da Glória, Calete Cristo, Preciosa Cristo, Maria Luísa, Maria Henrique e Ludovina Caçoilo das Neves, que ficaria encarregada da construção da nova igreja, conforme se lê na Monografia da Gafanha de Nossa Senhora da Nazaré, de Manuel Olívio da Rocha e Manuel Fernando da Rocha Martins. Esta comissão foi, entretanto, alterada por circunstâncias várias, com a saída de uns membros e entrada de outros.
Escolhido o local, que é o atual, o terreno foi oferecido em parte por Clementina de Jesus Maçal, tendo a comissão adquirido o restante. E em 4 de novembro de 1978 foram iniciadas as obras da igreja, cujo projeto foi elaborado por Manuel Garcia Serra e aprovado pela Câmara Eclesiástica e Câmara Municipal de Ílhavo. Os trabalhos contaram com a supervisão de João Mário Balacó Corujo.
Em 12 de abril de 1981, mesmo com as obras por concluir, a eucaristia começou a ser celebrada neste novo templo. A bênção da nova igreja e a consequente abertura ao culto teve lugar em 3 de julho de 1983, em cerimónia presidida pelo então Bispo de Aveiro, D. Manuel de Almeida Trindade, sendo pároco o padre Rubens Severino. É justo sublinhar que o grande dinamizador desta obra foi o Padre Miguel Lencastre, pároco entre abril de 1973 e outubro de 1982. 

Fernando Martins

Sem comentários:

Enviar um comentário